5 de jan de 2014

ATENÇÃO!

DEVIDO ÀS MUDANÇAS FUNCIONAIS EM NOSSA INSTITUIÇÃO, A PARTIR DE 5/01/2014, ESTA PÁGINA NÃO SERÁ MAIS ATUALIZADA.

A PARTIR DE 5/01/2014 TODAS AS INFORMAÇÕES SOBRE AS ATIVIDADES DE NOSSA ORGANIZAÇÃO NÃO-GOVERNAMENTAL (ONG) - AGORA COM NOVO NOME SOCIAL DE "INSTITUTO CONSCIENTIZAR" - PODERÃO SER ACESSADAS EM NOSSA NOVA PÁGINA NA INTERNET. PARA VISITÁ-LA, BASTA CLICAR NO LINK ABAIXO QUE VOCÊ SERÁ REDIRECIONADO AO NOSSO NOVO ENDEREÇO.


SE PREFERIR, COPIE O ENDEREÇO ABAIXO E COLE NO SEU NAVEGADOR:



A GENTE SE ENCONTRA NA NOSSA NOVA PÁGINA.

"ACDHRios Bracil Central" muda nome social e torna-se "Instituto Conscientizar"; saiba os motivos

Por decisão soberana da última Assembleia Geral Ordinária realizada no último dia 3 de janeiro de 2014, a denominação social e o estatuto social da organização não-governamental (ONG) “ACDHRios Brasil Central – Associação por Cidadania e Direitos Humanos LGBT na Região dos Grandes Rios do Brasil Central” foram alterados com o objetivo de viabilizar novo projeto técnico funcional da ONG que, nesta fase, irá priorizar ações socioculturais e educativas visando a conscientização pública para questões que propiciem melhor qualidade de vida para a população de LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais), ainda profissionais do sexo e HSH (Homens que fazem Sexo com Homens) em Jataí (GO) e região.


A partir desta data de 3 de janeiro de 2014 até 13 de março de 2014, nossa ONG estará executando e finalizando todos os trâmites burocráticos necessários à regularização das alterações realizadas. Assim sendo, a “ACDHRios Brasil Central”, a partir de hoje, 3 de janeiro de 2014, passa a usar nova denominação socialINSTITUTO CONSCIENTIZAR.

Ratificamos que o Estatuto Social até então em vigor, continua com os mesmos princípios, objetivos e metas de ações sociais, e sua reformulação apenas irá acrescentar ações de conscientização, ampliando áreas, formas e métodos de ações visando melhorias na qualidade de vida de cidadãs e cidadãos LGBT, bem como prevendo novas e modernas ações de combate a todas as formas de homofobia.

Também por decisão soberana da Assembleia Geral Ordinária, o jornalista e ativista social Terry Marcos Dourado, fundador da ONG, prossegue na Presidência da entidade.

Em razão das mudanças, o endereço da página na internet:

foi alterado para (clique no link abaixo para visitar nossa nova página na internet):


Este, portanto, passa a ser o novo canal de informação, prestação de contas e serviços e interação, via internet, da nossa ONG a partir deste sábado, 4 de janeiro de 2014. Os nossos e-mails institucionais foram inutilizados. A partir deste sábado, 4 de janeiro de 2014, todos os e-mails enviados à nossa ONG deverão ser enviados para esta conta: institutoconscientizar@yahoo.com.br.

No momento, é o que temos a informar.

Cordiais Saudações e um 2014 próspero a todos nós.

Jataí (GO), 03 de janeiro de 2014.


Bel. Terry Marcos Dourado
Presidente do Instituto Conscientizar

3 de set de 2013

Presidente da "ACDHRios BC" compõe e lança paródia musical da prevenção às DST/Aids

Terry Marcos Dourado cantando a paródia "Tem Que Encapar o Bichinho", para um público de 13.000 pessoas na 7a. Parada LGBT de Jataí (GO), em 1º/09/2013.
Domingo, 1º de setembro de 2013, diante de um público de 13.000 pessoas que assistiam ao Show da Diversidade na 7a. Parada do Orgulho LGBT de Jataí (GO) - evento promovido pela ONG coirmã "AJDH-Nova Mente" - o fundador e presidente da Associação por Cidadania e Direitos Humanos LGBT na Região dos Grandes Rios do Brasil Central (ACDHRios Brasil Central), Terry Marcos Dourado, lançou sua primeira composição musical, na verdade uma paródia musical do megasucesso do Carnaval 2013 "Largadinho", interpretada por Cláudia Leitte. A versão em paródia de Terry Marcos Dourado leva o nome "Tem Que Encapar o Bichinho!"

O público aprovou o "single" e foi ao delírio com a letra da paródia que utiliza o humor para conscientizar sobre a necessidade da prática do sexo seguro com o intuito de se proteger das doenças sexualmente transmissíveis (DST), principalmente da mortal Aids, causada pelo vírus HIV; e também as Hepatites Virais. "Criei a paródia usando uma linguagem de comunicabilidade capaz de despertar a atenção principalmente do meu público-alvo, formado por adolescentes e jovens", ressaltou Terry Marcos Dourado.

ASSISTA, A SEGUIR, AO VÍDEO COM O SHOW DE TERRY MARCOS DOURADO:




A paródia que você viu no vídeo acima é uma das atrações das novas palestras-show interativas idealizadas por Terry Marcos para abordar assuntos como "homofobia", "universo LGBT", "prevenção às DST/HIV/Aids e Hepatites Virais", "autoestima para LGBT", dentre outros assuntos, com foco principalmente no público formado por adolescentes e jovens, também em escolas e universidades.


EM SÃO PAULO, PROJETO PURPURINA VAI USAR O VÍDEO NA CONSCIENTIZAÇÃO DE ADOLESCENTES E JOVENS


Em agosto de 2012, Terry Marcos Dourado visitou o "Projeto Purpurina" do GPH, em São Paulo (SP), a convite da Dra. Edith Modesto, e conversou com os jovens do projeto.

Nesta terça-feira, 3/09, a Dra. Edith Modesto, fundadora e presidente do Grupo de Pais de Homossexuais (GPH) - Associação Brasileira de Pais e Mães de Homossexuais, com sede em São Paulo (SP), idealizadora e mantenedora do "Projeto Purpurina" (Purp's), cujo foco de ação é voltado para adolescentes e jovens LGBT; solicitou autorização para utilizar o vídeo da paródia "Tem Que Encapar o Bichinho", criada por Terry Marcos Dourado. A ideia é usar o material para incrementar as reuniões da turma do Purp's. 

E-Mail enviado pela Dra. Edith Modesto ao presidente da AJDH-Nova Mente, Terry Marcos Dourado.

 Terry Marcos Dourado (D) junto com a Dra. Edith Modesto (C) e o então presidente da ABGLT, Toni Reis, durante congresso internacional de DST/HIV-Aids e HV, no Anhembi Parque, em São Paulo (SP), em agosto de 2012. 
"É uma honra saber que este trabalho tem a aprovação e o apoio da minha querida amiga Edith Modesto, uma personalidade do Movimento Social LGBT do Brasil e, agora, do mundo, haja visto que ela estrela uma das campanhas da ONU anti-homofobia. Minha amiga Edith Modesto tem total permissão para usar este material que foi criado com este objetivo mesmo. É um prazer produzir algo útil", ressaltou Dourado.

SERVIÇO: Palestras-Show Interativas com Terry Marcos Dourado - Contatos: (64) 8155 4522 ou pelo e-mail: terrymarcos@hotmail.com.

5 de abr de 2013

"ACDHRios Brasil Central" produz e lança campanha institucional em vídeo alusiva ao 17 de maio - Dia de Luta Contra a Homofobia

Na tarde desta sexta-feira, 5 de abril, a Associação por Cidadania e Direitos Humanos LGBT na Região dos Grandes Rios do Brasil Central (ACDHRios Brasil Central) lançou seu mais novo vídeo institucional. Desta vez, trata-se de um vídeo de conscientização pública voltado tanto para LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais), quanto para heterossexuais.


Produzido, editado e dirigido pelo jornalista, bacharel em Direito e ativista do Movimento LGBT Brasileiro, Terry Marcos Dourado, fundador e atual presidente da ACDHRios Brasil Central, o vídeo leva à reflexão sobre as diferenças e igualdades da diversidade humana. A mensagem do vídeo convida o espectador a refletir sobre a LIBERDADE, o que quer fazer com ela e o que fazer para obtê-la na vida.

O vídeo, por enquanto lançado na internet (Youtube e Facebook) na versão em português, ainda será lançado nas versões em inglês e espanhol.
"Em tempos de reinado da homofobia, inclusive em suas versões institucional, governamental e até presidencial aqui no Brasil, um vídeo que faz as pessoas a refletirem sobre as igualdades nas diferenças da diversidade humana e também sobre o direito de cada um lutar e exigir a sua liberdade para ser aquilo que se é de verdade e para libertar-se de todas as formas de preconceito é, nesse momento trevoso, algo muito apropriado" - comentou o presidente da ACDHRios Brasil Central, Terry Marcos Dourado.